Follow:

AS BRINKADËIRAS NÃO DEVEM TER INSTRUÇÕES DO IKEA

“Quando ensina algo a uma criança, tira-lhe para sempre a possibilidade de o descobrir por si própria” Jean Piaget

Nunca gostei de ler instruções. Ainda hoje quando compro um gadget qualquer uso a técnica “Catita”: carregar em tudo até descobrir como funciona. Aprendo rapidamente, descubro coisas para além das instruções e nunca mais me esqueço. De tempos a tempos apanho com um “antes de iniciar o aparelho ligue-o 2 horas à corrente para não ficar permanentemente danificado”. Ups.

Tirando os brinquedos que podem causar alterações planetárias ou no clima mundial, os brinquedos não devem ter instruções parentais. Devem ser uma descoberta, uma oportunidade de expandir a imaginação. Além de que eles provavelmente percebem muito mais do assunto do que nós. Não há uma maneira certa ou errada de brincar. Um carrinho pode ser um submarino ou uma nave espacial. E pintar dentro dos contornos não devia ser a atividade preferida do Dali. Em vez de os ensinarmos a brincar com as coisas, que tal aprendermos com eles a brincar?

Share
Previous Post Next Post

You may also like

No Comments

Leave a Reply