Follow:
Monthly Archives

March 2018

    DIA DO PAI, DIA DE CRIAR MEMÓRIAS FELIZES.

    As memórias felizes criam fios invisíveis que ligam a criança a todos aqueles que são importantes na sua vida. Uma rede que nos une, e que enche continuamente o nosso depósito emocional de amor.

    No Dia do Pai, oferece-lhe um frasco cheio de memórias felizes e juntos relembrem, um a um, todos os instantes que geraram estas recordações. É mais uma oportunidade de criar outra memória feliz, papelinho a papelinho.

    Para teres o teu KIT CATITA, basta salvar a imagem para o teu computador, imprimir e seguir as instruções. Imprime várias vezes para teres todos os papelinhos que precisas. Se tiveres dificuldades em tirar e imprimir a imagem, ou se a quiseres com mais resolução, manda-me um mail para maecatita@gmail.com e envio a imagem para ti.

    VAIS PRECISAR DE

    • Frasco de vidro (reciclar algum lá de casa é sempre uma boa ideia)
    • Tesoura
    • Cola ou fitacola dupla
    • Memórias felizes
    • Impressora

    TOCA A FAZER

    • Clica na imagem e imprime (em caso de dificuldades técnicas manda-me logo um e-mail, eu ajudo).
    • Recorta o rótulo, e cola-o num frasco de vidro.
    • Recorta os papelinhos e preenche-os com os teus pequenos catitas (os que já conseguem escrever podem fazer esta parte sozinhos).
    • Dobra cada um dos papelinhos e coloca-os dentro do teu frasco de memórias catitas.
    • Podes colocar a quantidade de papelinhos-memórias que quiseres.
    • Fecha o frasco e TCHAM! TCHAM! TCHAM TCHAM! Já tens o teu super presente acabado!

    DICAS

    – Para cada filho imprime um rótulo. Com canetas e lápis de cor, deixa-os criarem o seu frasco personalizado para oferecer ao pai!

    – Também podes tornar este frasco um depósito especial onde, enquanto crescem, os teus filhos colocam as suas memórias mais preciosas.

    FELIZ DIA DO PAI!

     

    Share

    FRASE CATITA

    Os nossos filhos sabem como carregar em TODOS os botões que temos cá dentro e que foram, na sua maioria, instalados pelos nossos pais. Enquanto orientamos a geração do futuro, temos a oportunidade única de “re-olhar” para o passado.

    Lê mais sobre emoções peludas AQUI
    Share