Follow:

Receber o que lhes pesa no coração.

Nem sempre as coisas que racionalmente assim justificam, são as que mais pesam no nosso coração.

Pode não pesar nada para nós adultos, e pesar muito no coração dos mais pequenos. As crianças precisam de um terreno seguro para dizerem o que vai dentro delas. O que lhes pesa, e contamina a sua alegria natural.

A forma como recebemos deles as confissões mais peludas, traça caminho para nos contarem mais e correrem para nós quando precisam. Ou para se calarem com medo do julgamento, e do nosso dedo acusador.
Eu tenho um truque catita que quero partilhar contigo. Uso-o como pausa interna, e como lembrete do que para mim é realmente mais importante naquele momento. Cada vez que o pequeno catita vem contar-me alguma coisa, mesmo que seja que fez uma daquelas asneiras que me faz saltar a franja, eu digo de olhos colados aos dele … “obrigado por me teres contado”. Obrigado por teres confiança em mim, e na nossa relação para contares uma coisa tão difícil para ti. Obrigado por partilhares o que te pesa, para juntos dividirmos a carga.
Porque o mais importante é que contes comigo. Sempre.

 

Lê também “O ping-pong parental. A importância de saber ouvir os nossos filhos sem interromper.”
Share
Previous Post Next Post

You may also like

No Comments

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.