Follow:

Amar quando custa mais… e é mais preciso.

Noto logo quando vou buscar o pequeno catita à escola e ele teve um dia pouco catita.
Assim que me vê transforma-se em miúdo-cacto. Irritado, mais isolado, não tem paciência para nada, está em ponto rebuçado. HUMPF!!!
Reage emocionalmente a coisas pequeninas, como ao semáforo ter acabado de ficar vermelho, ou em vez de pão com manteiga ter encontrado uma banana na lancheira. HUMPF!!!
Para mim, tudo isto é um sinal de que ele está a precisar de uma dose extra de amor, e eu de uma dose extra de paciência.
Dou-lhe tempo, espaço e fico ali a olhar para os picos que saltam em todas as direcções. Aos poucos, à medida que ele permite, começo a brincar com ele. Ouvimos música, dançamos no carro, cantamos desafinados até que ele se sente preparado e começa a falar do que lhe pesa no peito.
O mais importante que aprendi nestas situações, foi a não levar a peito as coisas que ele diz, mas a ouvir o que está escondido atrás dos seus picos afiados “Ama-me mamã. Hoje preciso mesmo e esta é a minha forma de pedir.”

Share
Previous Post Next Post

You may also like

No Comments

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.